​Portugal Ventures lança Call for Enterprise Deep Tech

06 Maio 2021 - Portugal Ventures

A Portugal Ventures, do grupo Banco Português de Fomento (BPF), em estreita parceria com a Imprensa Nacional Casa da Moeda, lança a Call for Enterprise Deep Tech, que pretende investir em soluções de deep technology, adquiridas por clientes empresariais, nos seguintes verticais:

• Digital Identity
• Security
• Software development
• Data
• Infrastructure
• DevOps.

Com candidaturas abertas até ao dia 16 de maio, as empresas deverão apresentar soluções com um MVP (Produto Mínimo Viável), feedback de mercado e primeiros clientes angariados.

Os projetos devem ser uma ideia original dos promotores e liderada pelos próprios, sendo passível de ser valorizada e protegida a propriedade intelectual. As empresas devem estar localizadas nas regiões do Norte, Centro e Alentejo.

Rui Ferreira, vice-presidente da Portugal Ventures, afirma: “Com esta Call, a Portugal Ventures tem como objetivo despertar os empreendedores para a necessidade de criarem soluções Deep Tech que permitam o crescimento da digitalização empresarial através de soluções inovadoras, resultantes de processos de investigação e desenvolvimento a partir da ciência e da tecnologia”.

João Pereira, Investment Director da área de Digital da Portugal Ventures, refere: “Investiremos em oportunidades destinadas a utilizadores globais sofisticados, empresariais, onde a proposta de valor baseada na deep technology desenvolvida pela equipa é expressiva e relevante. Serão fortemente valorizadas as soluções competitivas, declaradamente defensáveis, reafirmando o carácter diferenciador do produto no mercado”.

Um dos verticais que esta call pretende endereçar - a identidade digital - é uma das tendências mundiais e uma grande preocupação da Imprensa Nacional Casa da Moeda que pretende investir em novos conceitos e soluções que desmaterializem processos de identificação e de autenticação dos cidadãos.

Para Gonçalo Caseiro, presidente do Conselho de Administração da Imprensa Nacional Casa da Moeda, “à medida que o futuro se torna mais digital, que as atividades económicas se mudam para esse novo mundo, é trivial percecionar a importância da identificação de pessoas, de bens, de sensores, entre outros. Com efeito, este vertical é essencial porque é basilar à própria transformação digital, não apenas visando minimizar os efeitos nefastos do cibercrime no mundo atual mas também para devolver ao cidadão o controlo sobre a sua própria identidade no mundo digital. Num ano de recuperação económica como o de 2021 pensar a identidade digital é uma obrigação e um compromisso que assumimos com a convicção de, através da investigação e do desenvolvimento, contribuirmos para a modernização da sociedade e para a sua transformação digital de forma segura e sustentável”.

Mais infos e candidaturas, aqui -> https://www.portugalventures.pt/calls/call-for-ent...


© 2020 Parque Tecnológico de Óbidos | Powered by Impactwave